Exposições individuais:

 

2019   Dá-se assim desde menina ou Perder a cabeça. Fábrica Bhering, curadoria Cláudio Oliveira. Rio de Janeiro-RJ.

2017   Dá-se assim, na entrada, na fachada, no muro". Canto da Carambola, curadoria Keyna Eleison. Rio de Janeiro-RJ.

2017   Dá-se assim desde menina". Projeto passagem, Parque das Ruínas, curadoria Gabriela Dottori. Rio de Janeiro-RJ.

2017   Projeto escada. Dá-se assim venenosa. Saracura, curadoria Paula Borghi - RJ.

2017   Ambientes Infláveis IED Rio. Ocupação das ruínas do teatro. RJ.

2016   Não provoque. Tato Galeria, curadoria Omar Porto. São Paulo-SP.

2016   Goela abaixo. Centro Cultural Laurinda Santos Lobo. Rio de Janeiro-RJ.

2016   Insolente. Studio488. Buenos Aires-AR.

2013   Ambientes Infláveis. Casa Daros. Rio de Janeiro-RJ.

2013   Ambientes Infláveis. Centro Cultural Paschoal Carlos Magno. Niterói-RJ.

2012   Ambientes infláveis. Barracão Maravilha, exposição de encerramento do circuito no Estado do Rio de Janeiro, com participação do grupo “Active Ingredient”. RJ-RJ.

2012   Ambientes Infláveis. Galeria Vendaval. Patagônia-Ar.

2003   Delírios de Dora. OEstúdio. Rio de Janeiro-RJ.

2001   Dora sabia. Espaço Cultural CREA-RJ. Rio de Janeiro-RJ.

 

Salões:

 

2019   I Salão Vermelho de Artes Degeneradas. Atelier Sanitário, Rio de Janeiro-RJ.

2019   16º Salão Ubatuba de artes visuais. FundArt, Ubatuba-SP.

 

Exposições coletivas:

 

2020   Estandarte I: A vanguarda dos povos. Castelinho do Flamengo, curadoria Yago Toscano. Rio de Janeiro.

2019   "A Caminho da Babel - Panorama das Artes Visuais em Niterói”. Cúpula do Caminho Niemeyer.

2019   Da forca a liberdade. Galeria Liberdade. São Paulo-SP.

2019   Baile da Aurora Sincera, curadoria Bernardo Mosqueira. Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro-RJ.

2018   HUMANAL. A Mesa, curadoria Cláudio Oliveira. Morro da conceição, Rio de Janeiro.

2018   Una linea de polvo, arte y drogas en América Latina. Instituto Municipal de cultura y turismo de Bucaramanga, curadoria Santiago Rueda. Bucaramanga-Co.

2017   40 anos oficina do museu do Ingá. Museu do Ingá. Niterói-RJ.

2017   PING festival. Eleva. Rio de Janeiro-RJ.

2017   Narrativas Gráficas. Centro Cultural Laurinda Santos Lobo. Rio de Janeiro-RJ.

2017   RAM6 + Retrospectiva 2012:2016. MAMA/CADELA. Belo Horizonte-MG.

2017   BATATA. Centro Cultural Feso Pro Arte. Teresópolis-RJ.

2017   Outras Matrizes, Novas Poéticas. Galeria de artes da UFF, Curadoria de Bruna Araújo e Michaela Blanc. Niterói-RJ.

2016   Às vezes é melhor fazer uma sopa. Espaço SARACURA, curadoria Bianca Bernardo - RJ.

2016   Geografias da violencia. Museu Gregorio Álvarez, Neuquén, Argentina.

2016   Atentado ao Pudor - TOPLESS. Museu do Sexo Hilda Furação, curadoria Maria Eugenia Cordero e Santiago Rueda. Belo Horizonte, BR.

2016   "Semana de arte de Londrina: Sobre Cidade". Londrina-PR.

2015   Mímesis. Casa Hoffman, curadoria Ramiro Camelo, Bogotá-CO.

2015   Ensemble. Feso Pro Arte, Teresópolis-RJ.

2014   Matéria. Casa Hoffmann, Bogotá-CO.

2014   Frestas. Trienal de artes. SESC Sorocaba-SP.

2014   Transmutações tropicais. Livre Galeria, Rio de Janeiro-RJ.

2014   Fifty/fifty, la chimba. STUDIO488/Pasto galeria, curadoria Santiago Rueda, Buenos Aires-AR.

2013   Festival Ponto Fiac. Salvador-BA.

2013   Conciertaciencia. Sala Rafael Tavera de la secretaria de cultura y turismo de Boyacà, Tunja-CO.

2013   Fifty/fifty, la chimba. Desborde Galeria, curadoria Santiago Rueda. Bogotá-CO.

2013   Mutatis Mutandis. Largo das Artes, curadoria Bernardo de Souza - RJ.

2012   FASE 4. Centro Cultural Recoleta. Buenos Aires-AR.

2012   Salão de Beleza. Barracão Maravilha. Rio de Janeiro-RJ.

2012   Artifícios. Centro Cultural FESO PROARTE. Exposição da Oficina de Gravura do Museu do Ingá. Teresópolis-RJ.

2012   Vênus-Terra. TAC galeria. Rio de Janeiro-RJ.

2011   Selecionado pelo Edital 2011 de Artes Visuais da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro. Ambientes Infláveis.

2011   Plano-sequência. Plano B. Rio de Janeiro-RJ.

2011   Ambientes Infláveis. Exposição de fotografias e infláveis, STUDIO488. Buenos Aires-AR.

2010   MAM-SP Projeto Zigue-Zague. Oficina transitiva sobre intervenção urbana, construção de um ambiente inflável. São Paulo-SP.

2010   2 anos. Coletiva comemorativa aos dois anos do Barracão Maravilha. Rio de Janeiro-RJ.

2010   SESC Arte 24h. Píer Mauá, Armazém 4. Rio de janeiro-RJ.

2009  “Ecos de Hélio” Centro de Arte Hélio Oiticica. Participação como artista e co-curadora da exposição. Rio de Janeiro-RJ.

2009   1 Ano. Barracão Maravilha Arte Contemporânea. Rio de Janeiro-RJ.

2008   Barracão Maravilha Convida. Barracão Maravilha Arte Contemporânea. Rio de Janeiro-RJ.

2008   Barracão Maravilha Arte Contemporânea. Abertura de inauguração. Rio de Janeiro-RJ.